Blog Post Com auxílio do poder privado, lixeiras são instaladas em Xanxerê

Com auxílio do poder privado, lixeiras são instaladas em Xanxerê
jun

24

2015

Com auxílio do poder privado, lixeiras são instaladas em Xanxerê

A falta de lixeiras em Xanxerê era uma das dificuldades da população em manter a cidade limpa.  As únicas poucas que tinham eram de propriedade de estabelecimentos comercias e, que ao fim do expediente, eram retiradas. Realidade essa que está mudando. Isso porque, com o auxílio de empresas privadas, clubes de serviços e Acix, a Prefeitura, através da Secretaria de Obras, Transportes e Serviços, lançou o projeto “Jogue limpo com sua cidade” no último sábado (06).

Ao todo, mais de 100 lixeiras serão implantadas pelo centro e algumas na Avenida Brasil, local este de intenso fluxo de pessoas. Além disso, cerca de 20 lixeiras de 360 litros, chamadas de contêineres, estarão espalhadas em pontos estratégicos. A colocação iniciou ainda no sábado pela manhã e contou com o apoio de voluntários do grupo de escoteiros Caigang.

O lançamento do projeto vem ao encontro do encerramento das ações realizadas em prol da Semana do Meio Ambiente, em que além das lixeiras, foram revitalizados alguns locais da cidade, inclusive a Praça Alcides Bernardi, na qual está atualmente a Árvore Gigante de metal.

Conforme o secretário Municipal de Obras, Serviços e Transportes, Jorge Antoniolli, essa ação também faz parte das mudanças que o novo Plano Diretor Municipal deverá abranger, com objetivo de tornar a cidade cada vez mais limpa.

“O objetivo central do projeto é fazer com que as pessoas se conscientizem em colocar o lixo em locais corretos. Queremos eliminar também aqueles comentários de que as pessoas jogam o lixo na rua porque não tem lixeira então, agora suprindo essa necessidade, mudaremos esse discurso”, explicou.

As lixeiras serão fixadas nas hastes de metal que sustentam as placas de nomenclatura das ruas e de trânsito. Ainda de acordo com Antoniolli, a ideia é implantar também no Plano Diretor que cada estabelecimento tenha seu próprio contêiner, para assim administrar o lixo que produz.

Comunidade avalia positivamente a iniciativa

Posterior a implantação e execução do projeto, é fácil encontrar quem não ficou no mínimo satisfeito com a iniciativa. Seu Adalberto Pavão de 67 anos, comenta que a medida deverá amenizar os problemas de muitas pessoas, já que antes era preciso caminhar diversas quadras para encontrar uma lixeira.

“Ficamos contentes com a ideia, pois antes era complicado, não era fácil encontrar um lugar certo pra jogar o lixo”, destacou.

Quem também aprovou a iniciativa foi a jovem de 15 anos, Giseli, uma vez que agora vai poder comprar algo para consumir e jogar o lixo no local correto. “Agora não tem mais desculpa para jogar na rua, então a ideia é boa, se o povo se conscientizar”, frisou.